Galo empata com o Palmeiras no Horto e deixa escapar o G6

Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG

O Atlético empatou em 1 a 1 com o Palmeiras nesse sábado no Independência. Gols de Deyverson (Palmeiras) e Fábio Santos (Atlético). Esse empate, nós colocamos na conta do Rogério Micale. O Palmeiras estava jogando com 2 a menos que o Galo e não conseguimos a vitória.

E como estamos aqui para apontar o dedo na sua cara, Rogério Micale, vamos aos erros cometidos:

  • O Alex Silva sofreu pênalti  de Egídio aos 26 minutos do primeiro tempo. E quem foi bater? FRED?!… NÃOOOOOooo. Foi aí que o sr. Micale pecou. O batedor tinha que ser o Fábio Santos. E não me venha com esse papo de que o time tem dois batedores e que o primeiro tinha que ser o Fred, pois não cola não, meu querido! O Fred está numa fase tenebrosa e deixa-lo bater a penalidade não ajuda em nada.  Resultado? Vimos o Fernando Prass defendendo a cobrança do Fred.
  • Aos 12 minutos, o sr. Micale substituiu Adilson por Robinho. PQP MICALE! O Adilson foi um dos melhores no primeiro tempo, dominando o meio de campo. Então o técnico saca um volante e coloca mais um atacante. Virou uma bagunça.
  • Aos 22 minutos, outro erro: Cazares foi substituído por Yago. O sr. Micale resolveu retomar a formação inicial do jogo. Outro equívoco. Cazares, não vinha fazendo uma das suas melhores partidas, mas criou algumas jogadas. Foi quando o sr. treinador Micale perguntou para o Cazares se ele queria permanecer no campo, o jogador fez sinal de positivo para o comandante. Por que então foi substituído? Por que então o sr. treinador perguntou? WTF?  O técnico volta com o volante, Yago, mas de qualidade inferior. Afinal, Yago não é do mesmo nível do Adilson.
Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG

O time voltou utilizar os chuveirinhos na área do adversário. Na falta de qualidade para adentrar tocando bola na área, o Galo voltou a utilizar o estilo de jogo que já se mostrou ineficiente. O juiz apitou muito bem. Marcou 3 pênaltis na partida. Dois para o Galo e um para o Palmeiras. Tivemos duas defesas, sendo a primeira do Prass e a segunda do São Vitor.

 

#VaiPraCimaDelesGalo

Saudações Alvinegras!

#paixãodopovo

 

Comente aqui...

comentário

Maria Marques

Apaixonada pelo Cruzeiro desde criança, quando assistia aos jogos sentada ao chão junto ao meu pai que me ensinou a vibrar, xingar, reclamar, desistir, retornar, defender e atacar. Pra mim "Existe um grande clube na cidade​/que mora dentro do meu coração​/eu vivo cheio de vaidade​/pois na realidade é um grande campeão​"!