Batalha no Mineirão

Torcida Cruzeirense! (Fonte: Site Oficial do Cruzeiro)

Quarta-feira, 26/07, às 21:45h temos encontro marcado para mais uma batalha da Raposa.

Pela Copa do Brasil, Cruzeiro, entra em campo com a missão de garantir a classificação na semifinal contra o Palmeiras.

Como empatou o primeiro jogo por 3 a 3, no Allianz Parque, o time de Mano Menezes pode empatar por até 2 a 2 que estará classificado.

O duelo promete, a casa vai estar cheia, as arquibancadas do Gigante da Pampulha estarão lotadas e o time promete animação.

A vaga está mais para o Cruzeiro, pelo menos pela torcida já está garantida a comemoração.

Não dá…

Não dá pra perde em casa, não dá pra ser expulso com 8 minutos de jogo, não dá pra jogar pelo menor resultado necessário, não dá pra ter três ​partidas sem vitória
consecutivas,​ não dá pra improvisar,
não dá pra perder a vontade de jogar…

​O Cruzeiro está
três jogos sem vencer (empate por 0 a 0 e derrota por 2 a 0, ambas com a Chapecoense, e o Bahia​ 1 x 0
)​. ​A improvisação do técnico Mano Menezes na zaga, em um momento desfavorável para o Cruzeiro,
e um time bagunçado mostra​m
fragilidade​s​
​n​
o comando da Raposa.

Não dá pra perder o próximo jogo do Cruzeiro contra o Atlético Goianiense dia 11/06 às 18:30. A torcida espera além da vitória um time organizado e com disposição para brigar pelo título no Brasileirão.

O que será de Alisson?

O jogo do último domingo, 21/05/2017, realmente não empolgou, mas para uma atuação fora de casa e depois dos péssimos resultados nas eliminações recentes, o Cruzeiro, guardou mais um ponto valioso na era de pontos corridos.

Sempre tive implicância com o jogador Alisson, eleito no jogo entre Sport

Alisson Sport x Cruzeiro

1 x 1 Cruzeiro o melhor em campo pela imprensa me fez refletir sobre o que será de Alisson para o Cruzeiro. Promessa ou decepção?

Segue um retrospecto do jogador Alisson Euler de Freitas Castro:

Nascido em Rio Pomba, com seus 23 aninhos e um histórico no cruzeiro desde a adolescência – começou no Cruzeiro com 14 anos, foi chamado de promessa e ficou no clube de 2007 a 2012, no sub-vinte, e depois no profissional atuou de 2013 até ser emprestado para o Vasco em 2014, para auxiliar no processo de compra do passe de Dedé. Ficou 4 meses fora sem grandes oportunidades no Vasco e retornou para o banco do Cruzeiro. A promessa ficou encalhada em 2016 com uma sequência de lesões. Agora, em 2017, foi eleito o melhor da partida (Sport x Cruzeiro), será que ele despontará como uma boa opção para o Mano Menezes ou vai voltar para o banco?

 

Torço para o Alisson emplacar uma sequência de boas atuações para que minha desconfiança caia… mas vamos ver no final do ano… qual será a contagem favorável para o “Maior de Minas”?

Perspectivas para o G6 e o Z4 no Brasileiro

Com uma visão futurista do cenário final do Campeonato Brasileiro minha aposta para a disputa pelo G6 será (talvez não nesta ordem):

  1. Cruzeiro;
  2. Palmeiras;
  3. Atlético Mineiro;
  4. Fluminense;
  5. Corinthians;
  6. São Paulo.

 

A previsão para os candidatos ao rebaixamento no Z4 são:

  1. Vasco;
  2. Atlético-GO;
  3. Avaí;
  4. Vitória.

Chora São Paulo

Depois de perder o campeonato Mineiro, o Cruzeiro, conseguiu resgatar a autoestima da torcida cruzeirense com uma bela vitória sobre o São Paulo.

Os dois times precisavam da vitória para marcar um início de campeonato com boas perspectivas.

Não foi dessa vez que o Vovô conseguiu derrubar a Raposa. Mesmo com domínio de posse bola o São Paulo chora diante do “Maior de Minas”, Ramon Ábila atento ao jogo marcou de canhota o gol da vitória.

Números da Partida:

Posse de bola: Cruzeiro 40% x 60% São Paulo

Finalizações: Cruzeiro 8 x 14 São Paulo

Chances reais de gol: Cruzeiro 4 x 5 São Paulo

Escanteios: Cruzeiro 5 x 5 São Paulo

Passes errados: Cruzeiro 44 x 37 São Paulo

(Fonte: Globo Esporte)
O Cruzeiro precisa melhorar muito para conseguir se equilibrar no Brasileiro, o próximo jogo será de muitas emoções contra o Sport em Recife dia 21/05/2017 às 19:00.

Bora trabalhar, Mano!

Decepção Cruzeirense

Atlético 2 x 1 Cruzeiro

O Cruzeiro decepcionou sua torcida ao aceitar a pressão do Atlético Mineiro no Independência na tarde do último domingo, 07 de maio, na final do Mineiro.

Depois de empatar em 0 x 0 no Mineirão, com o mando de campo, em um jogo sem empolgação o Cruzeiro teve dificuldades para marcar e enfrentar a organização e recuo do Galo. Com a derrota por 2 x 1 esta é a terceira temporada, da Celeste, sem ganhar o estadual.

Thiago Neves, apagado, e Rafael Sóbis, em posição diferente, contribuíram para piorar a atuação do time na final. Henrique e Ramon Ábila foram os destaques positivos da partida que, ainda, motivam o torcedor a acreditar que “O Maior de Minas” está vivo para as outras competições.

E agora?

Na coletiva de imprensa, pós jogo, Mano Menezes reforçou que o trabalho continua com o aprendizado e o grupo deve focar na Copa do Brasil e Copa Sul-Americana, com jogo na próxima quarta-feira.

Próximos jogos:

10/05

COPA SUL-AMERICANA

Horário: 19:15

NCN×CRU

 

14/05

CAMPEONATO BRASILEIRO

Horário: 16:00

CRU×SAO

 

Cruzeiro vem forte para o Campeonato Brasileiro

O Cruzeiro fará sua estreia no Campeonato Brasileiro dia 14/05 contra o São Paulo no Mineirão – Belo Horizonte – MG. Com boas participações nos campeonatos que participa em 2017 a perspectiva para o torcedor cruzeirense é animadora.
Bastidores da vitória celeste sobre o América-MG (Fonte: Site Oficial do Cruzeiro)
  Veja o histórico recente das atuações do Cruzeiro nos campeonatos:
Copa do Brasil:
Após eliminar o São Paulo da Copa do Brasil em resultado consolidado com gol salvador  de Thiago Neves (1ª partida – São Paulo 0 x 2 Cruzeiro / 2ª Partida Cruzeiro 1 x 2 São Paulo) a disputa no domingo (14/05) no Mineirão promete apimentar o início do campeonato. É inegável que a turma do Técnico Rogério Ceni ficou abalada com a eliminação da Copa do Brasil para o Time Celeste.

Campeonato ​Mineiro​:

O nome da vitória no jogo Cruzeiro 2 x 0 América é do uruguaio Giorgian Daniel De Arrascaeta Benedetti. O camisa 10 empolgou a torcida com uma atuação criativa com bons lances e possibilitando aos companheiros boas jogadas.
O primeiro jogo contra o América terminou empatado em 1 x 1 que possibilitou à Raposa seguir para a próxima fase em disputa contra seu maior rival, Atlético Mineiro.
A 1ª partida da final do Mineiro será dia ​30/04 no Mineirão com mando de campo do Cruzeiro.
Mano Menezes, no clube desde 6 de setembro de 2015​, no comando da Raposa​, e com um aproveitamento de 62,5% (fonte: wiki/Mano_Menezes​)​ precisa garantir um resultado positivo para enfrentar na última partida o Atlético.
Histórico do confronto, de 1967 a 2016 (Fonte: Futpédia)
Históricamente o saldo do Cruzeiro em confrontos​, de 1967 a 2016​ (Brasileiro Unificado​)​,​ no​ Mineirão,​ tendo o​ Cruzeiro como mandante ​é positivo​ (​t​otal de​ 31 jogos​ – fonte:futpedia)​ com um total de 10 vitórias.
O confronto final será dia 07/05​, com mando de campo para o Galo.
C​omo o campeonato Mineiro não apresenta um ritmo forte de jogo para os 12 times que iniciam a temporada, sem ritmo e, ainda, precisando de vários acertos na montagem da equipe, a conquista do título no Campeonato Mineiro, ​​será muito importante ​para fortalecer ​o Cruzeiro no início do Brasileirão.
Mano enaltece o trabalho da equipe após superar o rival mineiro (Fonte: Site Oficial do Cruzeiro)
De acordo com Mano apesar das dificuldades  “O América iniciou bem o jogo e nós não começamos, mas corrigimos mais cedo do que na quarta-feira, contra o São Paulo. Depois do primeiro gol, que deu tranquilidade, conseguimos controlar e não sofremos mais. Voltamos no segundo com propósito de marcar mais gols. E a equipe se sentiu segura à medida que o tempo passava. O América fez jogada bem feita com o Ruy, que o Rafael fez grande defesa. A atuação do América valorizou nossa classificação à final. Foram dois jogos bem jogados, Agora, a história é outra. Final é final”.
Veja a comemoração do Cruzeiro depois da vitória contra o América.

​​Copa da ​Primeira Liga​:

Um dos mais novos campeonatos criados a Primeira Liga, fundada em 10 de setembro de 2015​ e formada por 18 clubes (Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense; Sport Club Internacional; Avaí Futebol Clube; Associação Chapecoense de Futebol; Criciúma Esporte Clube; Figueirense Futebol Clube; Joinville Esporte Clube; Paraná Clube; Clube Atlético Mineiro; Cruzeiro Esporte Clube; América Futebol Clube; Clube de Regatas do Flamengo; Fluminense Football Club, Ceará Sporting Club; Atlético Clube Goianiense, Londrina Esporte Clube; Luverdense Esporte Clube; Grêmio Esportivo Brasil​)​ inciou a copa com 5 grupos.
O Cruzeiro, no grupo C, estreou com vitória sobre o Atlético por 1 x 0, gol de Arrascaeta. Na 2ª rodada venceu com 2 gols do atacante, argentino, Ramon Ábila sobre a Chapecoense.
Encerrando a fase de grupos a Celeste empatou em 0 x 0 com o Joinville.
A próxima fase será as quartas de final com mando de campo do Cruzeiro no dia 30/08.
                  (Fonte:Site Oficial do Cruzeiro)