Foi uma noite apenas, mas que resumiu todo o começo de ano do maior do mundo, mesmo nas vitórias todos já falavam que o ponto fraco rubro negro era nosso segundo tempo e novamente vimos o time sofrer forte pressão de um San Lorenzo que buscou todo o tempo a virada.

flamengo eliminado libertadores 2017

Matheus Sávio provavelmente será o maior alvo das críticas por participar diretamente dos dois lances capitais, também por não ter cumprido o que se esperava, retenção de bola e puxada de contra ataque, mas lembremos que Matheus Sávio não é Diego, estreante em libertadores, inexperiente, mesmo tendo feito gol em cima do galo Mineiro, o jovem não seria a melhor opção para mudar o jogo.

Zé Ricardo infelizmente errou ao trocar Berrio por Rômulo, acabou chamando o adversário para seu campo, o colombiano segue mal, errando em todos os fundamentos, é veloz, recompõe bem, mas não acerta um passe. Zé Ricardo tem uma visão ímpar do time que tem em mãos e do andamento do jogo, quando o time está mal ele faz mudanças certeiras, mas especificamente ontem, com o time até bem durante todo o primeiro tempo e parte do segundo, colocar 3 volantes, um meia inexperiente e 3 zagueiros, foi pedir pra tomar gol.

Brasileiro precisa deixar essa mentalidade do “jogamos para não perder”, um time de elenco e estruturado como o Flamengo precisa jogar pra cima, se portar como grande.
No grupo mais forte da libertadores, a maior posse de bola e número de chances criadas de nada serviram, um dos times que conquistaram mais pontos como visitante no último brasileiro, na libertadores em 9 não conseguiu nem mesmo 1, e foi esse 1 ponto que fez a diferença para a desclassificação precoce.

Viremos agora a chave, de volta ao Brasileirão, novamente como visitante contra o “perigoso” Atlético Goianiense. Talvez seja o jogo ideal para voltar a pontuar fora, no mínimo 3 por favor, e Sr Zé Ricardo: Vinicius Júnior titular!!!!!!

Comente aqui...

comentário