primeira impressao flamengo 2017

A primeira impressão

Em um jogo movimentado, o que se viu foi 90 minutos dignos de dois postulantes ao título, um tempo para cada com o mesmo futebol apresentado nos estaduais, com destaque às sempre ousadas e inovadoras mexidas de ambos os técnicos, vale aplaudir Zé Ricardo dando aula de como estrear uma jovem promessa no elenco de cima.

estreia vinicius junior flamengo 2017
Vinícius Júnior, 16 anos, fez estreia com a camisa profissional do Flamengo (Fotos: Gilvan de Souza / Flamengo)

Foi o tempo onde jovens craques foram queimados, vistos como esperança e jogados à fogueira. Zé Ricardo soube ouvir a arquibancada colocando Vinícius Junior no segundo tempo, mas também manteve suas convicções relacionando Matheus Sávio entre os titulares e dando mais tempo para Berrio se adaptar, coisa de quem conhece o “maior do mundo”, suas tradições e a magia do manto rubro negro.

Talvez todos tenham voltado os olhos para o jovem Vinícius Junior de apenas 16 anos, mais novo estreante do Brasileirão 2017, estreando contra o galo mineiro, concorrente direto e com forte elenco em campo. Foi uma estreia simples, sem um grande lance de efeito, mas foi o batismo tão aguardado.

A torcida colaborou, vibrou até mesmo quando o jovem foi vencido pela ansiedade, o time sempre procurando sua participação e como bom conhecedor da prata da casa, Zé Ricardo como um pai carinhoso, que ensina o filho a andar de bicicleta, diz ao jovem: – “Vai lá brincar um pouco.” Ele sabe dos riscos e por isso soube o momento certo, o jeito certo, ele sabe que mesmo indo para o Real Madri, Vinícius Junior ainda é Vinícius Junior, jovem franzino e com um caminho a percorrer proporcional ao tamanho de seu talento.

Voltando a falar do jogo, visivelmente o elenco titular segue cansado, buscando o resultado nos primeiros minutos e segurando ao máximo sem apelar para a retranca. Guerrero que até então carregava o time, desta vez foi apenas regular, espero que tenha sido apenas uma exceção no ótimo ano vivido pelo atacante.

Seguindo seu principal jogador, a nota para o time em geral, pela apresentação discreta no segundo tempo e pela disposição nos primeiros 45 minutos, fica em 6,5.

Aguardemos o que a quarta feira nos reserva.

Comente aqui...

comentário

Maria Marques

Apaixonada pelo Cruzeiro desde criança, quando assistia aos jogos sentada ao chão junto ao meu pai que me ensinou a vibrar, xingar, reclamar, desistir, retornar, defender e atacar. Pra mim "Existe um grande clube na cidade​/que mora dentro do meu coração​/eu vivo cheio de vaidade​/pois na realidade é um grande campeão​"!