Adeus, Lucão!

Não se esqueça de combinar com o outro time

Saudações são-paulinas!

Não sei o que mais me irritou. O jogo de ontem ou as declarações do pós-jogo do nosso zagueiro Lucão. Estava ali próximo do campo quando ouvi a infame declaração e mal acreditei. Entrei em autonegação e esperei as notícias de hoje.

Eis que abro o UOL e leio o seguinte: “Logo depois da derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG, neste domingo (18), no Morumbi, Lucão disse que “para a alegria de muitos logo iria embora do São Paulo”. No entanto, ele não tem ainda nenhuma negociação em andamento. Talvez, a situação mude a partir desta semana, com a janela de transferência para a Europa aberta, mas, neste momento, o jogador ainda não recebeu proposta nem sequer sondagem para deixar o Tricolor”.

Não bastasse falhar, ele me vem com mais essa? O técnico mítico precisa tomar providências imediatas. O jogo de ontem foi muito grave. Perdemos nossa invencibilidade em casa para uma equipe em crise. O Atlético-MG não vive o melhor dos seus dias e mesmo assim conseguiu vazar a nossa meta duas vezes, gols de Cazares e Rafael Moura (sim, ele ainda joga).

O empate foi até uma opção para o nosso Tricolor após o gol de Marcinho que igualou o marcador, mas a equipe não conseguiu se manter. Agora precisamos vencer fora de casa. Não basta mais empates tal como foi o último jogo de visitante, contra o Sport. É necessário vencer quarta. Mesmo que seja na Arena da Baixada contra o Atlético-PR.

Nada como uma vitória contra um algoz para recuperar o moral. E, sobre o Lucão, só me resta dizer adeus.

Comente aqui...

comentário

Maria Marques

Apaixonada pelo Cruzeiro desde criança, quando assistia aos jogos sentada ao chão junto ao meu pai que me ensinou a vibrar, xingar, reclamar, desistir, retornar, defender e atacar. Pra mim "Existe um grande clube na cidade​/que mora dentro do meu coração​/eu vivo cheio de vaidade​/pois na realidade é um grande campeão​"!