De bem com a Vitória

Vitória, vitória…

Saudações vitoriosas aos são-paulinos,

Em nosso retorno aos jogos de meio de semana, a vitória sorriu novamente. A vitória e não o Vitória. No Morumbi, o São Paulo volta a vencer e o Vitória continua sem alcançar a razão de ser do seu nome. 2 a 0 para o Tricolor, gols de Thomaz e Lucas Pratto.

O primeiro tempo foi um simples 0 a 0. Com mais fluxo de jogo, o nosso Tricolor fazia jus à expressão “jogar em casa” em pleno Morumbi. No entanto, o destaque estava com o goleiro visitante. Fernando Miguel se encaminhava para ser o nome do jogo.

Só que o time baiano não contava a astúcia do nosso técnico mítico. Thomaz entra na volta do intervalo e o jogo vira com a dupla que o ponta iniciou com Pratto.

Aos 17 minutos, São Paulo 1 a 0. Pratto toca para Thomaz. Meia hora depois, nos descontos, Pratto faz o seu. Tricolor 2 a 0 para alegria do Morumbi.

Dessa maneira, o São Paulo se prepara para o clássico do final de semana. Que a vitória sobre o Vitória nos deixe em permanente relação com ela.

Rafael Duarte Oliveira Venancio

Rafael Duarte Oliveira Venancio

Nos anos 1910, o Paulistano cedeu a arquibancada do Velódromo para o Campo da Floresta. Era o começo do São Paulo, criado em 1930. No Velódromo, morava um gato, que foi na troca e que vive, até hoje, junto do Tricolor. Há quem diga que isso é invenção do Rafael Duarte Oliveira Venancio, mas nunca foi provado.
Rafael Duarte Oliveira Venancio

Últimos posts por Rafael Duarte Oliveira Venancio (exibir todos)

Comente aqui...

comentário

Rafael Duarte Oliveira Venancio

Nos anos 1910, o Paulistano cedeu a arquibancada do Velódromo para o Campo da Floresta. Era o começo do São Paulo, criado em 1930. No Velódromo, morava um gato, que foi na troca e que vive, até hoje, junto do Tricolor. Há quem diga que isso é invenção do Rafael Duarte Oliveira Venancio, mas nunca foi provado.