Fortes emoções?

Saudações tricolores aos são-paulinos de ressaca nesta quinta-feira!

Nada de novo no front do Clube da Fé. Apesar de me manter sempre confiante, assisti o jogo de ontem me protegendo com a minha cauda. Afinal, gato ressabiado se enfurna todo diante da desconfiança.

Era um tabu ontem. Vencer na Arena da Baixada aqueles que vencemos na Libertadores de 2005. Continua um tabu: Atlético-PR 1 x 0 São Paulo.

Novamente uma falha na zaga e um meio-campo que se desorganiza sem direção e comando. Cícero é um anarquista com a camisa 10 e isso só nos prejudica.

Com isso, a manutenção do tabu ontem pode levar à quebra de um tabu em breve: a demissão do M1to. Rogério Ceni nunca foi demitido do São Paulo em quase 25 anos de casa.

Tal como diz PVC em seu blog: “As cinco derrotas nas primeiras nove rodadas do Brasileirão, pior desempenho da era dos pontos corridos e seqüência negativa recorde desde 1999, serviram para aumentar muito a pressão por sua saída. Antes incontestável, agora Rogério tem seu nome na mesa da diretoria com reclamações de conselheiros próximos ao presidente Leco“.

Resta ver o que vai acontecer. Talvez este campeonato seja muito mais que uma luta pelo título, mas sim pelo imaginário recente do São Paulo.

Comente aqui...

comentário