Benfica x AEK ao vivo

【AO VIVO】 Assistir Benfica x AEK Atenas ao vivo online Tudo TV

⚽ #FutebolaoVivo | 🙂 | #ChampionsLeague #AoVIVO #Benfica #AEK #Compartilhe | Assista ao vivo o jogo entre Benfica x AEK Atenas Benfica e AEK Atenas entram em campo nesta quarta-feira, 12 de dezembro de 2018, em jogo válido pela 6ª...
Valencia x Manchester United ao vivo

【AO VIVO】 Assistir Valencia x Manchester United ao vivo online Tudo TV

⚽ #FutebolaoVivo | 🙂 | #Champions League #AoVIVO #Valencia #Manchester United #Compartilhe | Assista ao vivo o jogo entre Valencia x Manchester United Valencia e Manchester United entram em campo nesta quarta-feira, 12 de dezembro de 2018, em jogo válido...
Young Boys x Juventus ao vivo

【AO VIVO】 Assistir Young Boys x Juventus ao vivo online Tudo TV

⚽ #FutebolaoVivo | 🙂 | #ChampionsLeague #AoVIVO #YoungBoys #Juventus #Compartilhe | Assista ao vivo o jogo entre Young Boys x Juventus Young Boys e Juventus entram em campo nesta quarta-feira, 12 de dezembro de 2018, em jogo válido pela 6ª...
Plzen x Roma ao vivo

【AO VIVO】 Assistir Viktoria Plzen x Roma ao vivo online Tudo TV

⚽ #FutebolaoVivo | 🙂 | #Champions League #AoVIVO #Plzen #Roma #Compartilhe | Assista ao vivo o jogo entre Viktoria Plzen x Roma Viktoria Plzen e Roma entram em campo nesta quarta-feira, 12 de dezembro de 2018, em jogo válido pela...
Real Madrid x CSKA Moscou ao vivo

【AO VIVO】 Assistir Real Madrid x CSKA Moscou ao vivo online Tudo TV

⚽ #FutebolaoVivo | 🙂 | #Champions League #AoVIVO #RealMadrid #CSKA #Compartilhe | Assista ao vivo o jogo entre Real Madrid x CSKA Moscou Real Madrid e CSKA Moscou entram em campo nesta quarta-feira, 12 de dezembro de 2018, em jogo...
City x Hoffenheim ao vivo

【AO VIVO】 Assistir Manchester City x Hoffenheim ao vivo online Tudo TV

⚽ #FutebolaoVivo | 🙂 | #ChampionsLeague #AoVIVO #City #Hoffenheim #Compartilhe | Assista ao vivo o jogo entre Manchester City x Hoffenheim Manchester City e Hoffenheim entram em campo nesta quarta-feira, 12 de dezembro de 2018, em jogo válido pela 6ª...
Shakhtar x Lyon ao vivo

【AO VIVO】 Assistir Shakhtar Donetsk x Lyon ao vivo online Tudo TV

⚽ #FutebolaoVivo | 🙂 | #ChampionsLeague #AoVIVO #Shakhtar #Lyon #Compartilhe | Assista ao vivo o jogo entre Shakhtar Donetsk x Lyon Shakhtar Donetsk e Lyon entram em campo nesta quarta-feira, 12 de dezembro de 2018, em jogo válido pela 6ª...
Ajax x Bayern de Munique ao vivo

【AO VIVO】 Assistir Ajax x Bayern Munique ao vivo online Tudo TV

⚽ #FutebolaoVivo | 🙂 | #ChampionsLeague #AoVIVO #Ajax #BayernMunique #Compartilhe | Assista ao vivo o jogo entre Ajax x Bayern Munique Ajax e Bayern Munique entram em campo nesta quarta-feira, 12 de dezembro de 2018, em jogo válido pela 6ª...
O amor pelo futebol começa na mais tenra idade, uma herança que o pai repassa ainda em vida ao filho e que o acompanhará para sempre: “Enquanto houver um coração infantil, o Vasco será imortal!” (Fotos: Hermom Dourado)

São Januário, 17 de junho de 2017, sábado. Ganhamos do fraquíssimo Avaí por 1 a 0, numa sofrência sem tamanho. Teve apagão de 20 minutos. Teve briga entre torcedores de facções rivais e ação truculenta da Polícia Militar, disparando balas de borracha para onde o nariz estava virado. Teve protesto contra um presidente/ditador. Teve xingamento à arbitragem. Teve uma montanha russa de emoções. Teve futebol!

Conforme anunciei aqui na semana passada, esta seria uma resenha diferente, com o intuito de contar um pouquinho do que vi e vivi na minha segunda ida a um jogo no nosso templo sagrado – a primeira foi em 2015 e não me traz recordações nada agradáveis: 4 a 1 para o Palmeiras, fora o baile, e em um domingo em que eu sofria os efeitos de uma virose que me deixou com diarreia por vários dias e pude ter a infeliz constatação de que os banheiros de São Januário não são exatamente o que se pode chamar de um bom lugar para fazer as necessidades fisiológicas.

E vai ser bem pouco mesmo o que vou contar. Faço isso não por comodismo, mas pelo simples fato de que só quem vai ao estádio é capaz de se assimilar toda a atmosfera envolvida. Ali não existe rico nem pobre. Não existe distinção de cor, credo, orientação sexual, inclinação política ou faixa etária. Todos estão irmanados pelo amor a um clube, a uma camisa. E a nossa é pesada.

Ela carrega a tradição do detentor do primeiro título internacional do futebol brasileiro, em 1948. Carrega o orgulho pelo pioneirismo na inclusão de negros em um esporte que nasceu elitista e racista. Carrega uma legião que construiu em um bairro da periferia fluminense aquele que foi o maior estádio da América Latina até a construção do Maracanã para a Copa do Mundo de 1950. Enfim, carrega uma história linda que nenhuma sequência de rebaixamentos causados pelas péssimas administrações dos últimos anos será capaz de apagar.

Quem decide assistir ao jogo no estádio não dispõe dos recursos audiovisuais proporcionados pelas transmissões televisivas. Paga caro, encara várias filas, corre risco de se machucar em algum tumulto na arquibancada, no entorno ou a caminho da praça esportiva só porque estava no lugar errado na hora errada.

Por outro lado, só quem topa enfrentar estas adversidades sente com a maior intensidade possível aquela emoção que faz tudo valer a pena: o grito do gol junto com a massa, passando aos jogadores a energia que os faz correr mais, não desistir de nenhuma bola, não ir com o pé mole em nenhuma dividida, honrar a camisa.

Ganhar ou perder são dois dos três resultados possíveis na partida e que dependem de uma série de variantes. Independente deste desfecho, o que não pode faltar é garra, disposição, luta. E disso nem eu nem nenhum dos demais cruzmaltinos podemos reclamar do elenco atual.

Em São Januário vi aquilo que o enquadramento da imagem do Premiere FC não mostra e muitos comentaristas não ressaltam. Vi um grupo de operários, compensando as limitações técnicas com empenho e, sobretudo, com coração na ponta da chuteira. Vi Nenê voltando a ser o camisa 10 que sempre foi e decidindo a partida em um lance individual que foi concluído pelo polivalente Yago Pikachu. Vi o Andrezinho reaparecendo na equipe para valorizar a posse de bola no final do jogo. E vi de perto algo até então inédito neste Brasileirão: o Vasco passar 90 minutos sem levar um golzinho sequer.

Pois eis que o grande alvo das gozações da primeira rodada terminou a oitava na sexta colocação e, consequentemente, no seleto grupo dos que hoje estariam classificados para a próxima edição da Libertadores da América – por sinal, o único representante carioca nesta condição na tabela. E isso porque ainda não conquistou nenhum mísero pontinho fora de casa.

Uma campanha que não ilude, mas pelo menos tranquiliza os vascaínos da velha geração, como este escriba. E enche de esperança os da nova safra, aqueles que hoje assistem aos jogos no nosso caldeirão confortavelmente alojados sobre os ombros ou recostados nos peitos de seus pais.

#SOLADA DO BACALHAU: no domingo fui ao Maracanã para ver o famoso clássico Fla-Flu, que terminou empatado por 2 a 2, e vi os rubro-negros deixando o estádio bronquiados com a arbitragem; não entendi nada, pois o único lance capital da partida em que houve falha grave do assoprador foi o primeiro gol do Flamengo, que deveria ter sido anulado por impedimento no início da jogada…

p.s.: se alguém quiser ver mais fotos da minha ida a São Januário no último sábado e também algumas das que fiz no Maracanã, basta acessar o álbum que postei no meu perfil no Facebook

 

 

 

Comente aqui...

comentário