Em partida válida pela segunda rodada, o Atlético Mineiro perdeu para o Fluminense por 2 a 1 ontem no Indepa. O Galo desperdiçou boas oportunidades. Impressionante como o adversário soube aproveitar as falhas do elenco. O time não pôde contar com Robinho (cansaço muscular) e Erazo (suspenso).

O Atlético, diante de sua torcida, começou melhor, mas sem perigo ao gol de Diego Cavalieri. Como quem não faz leva, no primeiro tempo, Marcos Rocha fez pênalti em Richarlison, convertido por Henrique Dourado aos 34 minutos. Em seguida, nosso lateral direito falhou na marcação e Richarlison fez de cabeça. Marcos Rocha é um dos melhores jogadores do time e importante para o esquema tático proposto pelo técnico. O jogo em que ele não se destaca, como o de ontem, o time sente muito. Gabriel ficou sem marcação na batida do escanteio por Cazares e descontou para o time da casa numa cabeçada certeira. O primeiro tempo teve bom domínio do Galo apesar do resultado parcial favorável ao adversário.

No segundo tempo, o técnico Roger Machado substituiu Rafael Carioca por Maicosuel no retorno do intervalo. Essa mudança não surtiu efeito no elenco. Aos 15 minutos Roger tirou o Otero para a entrada de Rafael Moura.

Continuamos perdendo muitas chances. Fred, Elias e Maicosuel perderam gols inacreditáveis. O técnico escalou um time que dominou a partida, mas pecou nas finalizações. Sem muita inspiração. Diferente do Fluminense que aproveitou as chances que teve e converteu em gols. O Galo fez inúmeras tentativas em bolas aéreas. O total de cruzamentos errados chegou a 35. UAU!!!!!!!! Esses pontos perdidos em casa com certeza farão falta nas últimas rodadas do campeonato.  Como boas Atleticanas, acreditamos na melhora do time no Brasileirão.

Hei, Galo!

Saudações Alvinegras!

#paixãodopovo

 

 

Comente aqui...

comentário