Acabou a paciência da torcida com esse elenco. Foi a segunda derrota seguida para o lanterna do Brasileirão. No último domingo foi contra o Vitória, em Salvador, o então último colocado na competição. Nada justifica a derrota por 1 a 0 para o Atlético Paranaense no Independência. A torcida apoiou até os 44 minutos do segundo tempo quando Felipe Santana cabeceou para atrás entregando a bola nos pés do Sidcley, que terminou com a bola no fundo do barbante. O lance lembrou bastante o erro do Felipe Santana no primeiro clássico no Campeonato Mineiro desse ano contra o Cruzeiro, que acabou com o gol do Arrascaeta.

O Galo entrou em campo desfalcado, mas os outros jogadores têm obrigação de entregar-se 100% ao jogo. Ontem vimos um time preguiçoso, sem qualidade e desconcentrado. Engraçado, vários jogadores do Galo estão sendo poupados por desgaste, mas esse problema seria apenas aqui!? Não vejo Corinthians, Grêmio ou Chapecoense fazendo isso.

Com um jogador a mais desde os 39 minutos do primeiro tempo, o Galo pouco criou e se mostrou melhor no primeiro tempo. O time começou a abusar dos cruzamentos na área, completo desespero, foram, ao todo, incríveis 55. O Atlético Mineiro é líder em cruzamentos errados, no Campeonato Brasileiro são 179, segundo os números do Footstats.

Nós queríamos que o Leonardo Silva entrasse na fonte da juventude pra poder jogar mais uns bons anos no Atlético. Ele não tem dado sorte com os companheiros de zaga, e nem com seus substitutos. Esse cara joga muito.

Sentimos falta do Elias mais solto e mais a frente. O Marlone….o Marlone…. péssimo dos péssimos (by Lélio Gustavo). Robinho, você é o cara, você tem que organizar esse time em campo, chamar a responsa, puxar orelha dos seus colegas. O Fred faz um pouco isso. Robinho é decisivo e joga muito mas muito mais do que apresenta.

Otero tinha que começar jogando. Por que ele no banco? Ele tem um chute potente. É um diferencial em um time que só sabe cruzar. Rafael Carioca está completamente instável. Em alguns jogos, ele manda muito bem, e outros, nem parece estar em campo. Felipe Santana… ah Felipe…. você disse que não se abala não é!? Abalamos antes mesmo do jogo começar, quando vemos seu nome na escalação. Abalamos pelo Léo Silva, por ter um companheiro de Zaga tão ruim. Abalo por ter perdido 3 pontos em casa e abalo por estar na zona de rebaixamento. Abalo também ao ouvir você tentar dividir seu erro com outros jogadores, neste caso, o Thalis.  (Os comentários no singular pertencem à Jacque, pois eu, Ju!, me encontro anestesiada).

E por último, mas não menos importante, o nosso técnico Roger. Que escalações bizarras. Roger tem potencial pra muito mais. Insiste na escalação de alguns jogadores que não rendem em campo. Isso de poupar também não rola. Jogador tem que jogar. Calendário é apertado sim, mas pelo salário e prestígio todos devem estar em campo.

O melhor elenco nós temos só falta apresentar o melhor futebol.

Hei, Galo!

Saudações Alvinegras!

#paixãodopovo

 

 

 

Comente aqui...

comentário