Despedida em prosa, verso e poesia

Foto: Paulo Fernandes/site oficial do Vasco

 

Um time que nunca inspirou confiança

Apanhou feio na primeira rodada, uma lambança!

Segue comandado pelo gangster do charutão

Aquele tumor maligno fraldador de eleição

Mas que está com os dias contados na presidência

Basta a Justiça ter o mínimo de competência!

 

Perdemos cedo o menino Douglas, volante abusado e promissor

Vendido a preço de banana, está encostado num time do exterior

Sofremos com o Cristóvão; um pouco menos com o MM

Mas o cara perdeu o vestiário, virou alvo de meme.

 

A campanha era linda no caldeirão

Casa sempre cheia, aproveitamento espetacular

Até aquela noite fatídica do jogo contra o time cujo nome prefiro não falar

Derrota em campo e vandalismo de um bando de sem noção.

 

Foram mais de três meses de castigo

Fantasma do rebaixamento voltando a rondar, um perigo!

Nenê de biquinho no banco, tentando sair

E uma molecada encapetada dando o ar de sua graça e querendo decidir.

 

O jogo é contra o galático Galo no Independência?

Chama o Paulinho e seus dois gols em sequência.

Parada dura contra o Vitória no Barradão?

Cavadinha do Paulo Vitor, sem dó nem piedade do goleirão!

Partida contra o badalado Grêmio em estádio com portão fechado?

Fica sussa, que o Vital dá conta do recado!

 

O “Zé Ricardiola” chegou e ajeitou a casinha

Ganhar do Vascão ficou complicado

Que o diga o Jô, com a sua famosa mãozinha

Só que não conseguíamos deslancar: festival de jogo empatado.

 

Mas nada de risco de degola; xô, 2ª Divisão!

Começou a rolar paquera com uma vaguinha na Liberta

Antes sonho distante, agora ela é quase certa

Grêmio campeão e facilitando a nossa missão!

E o “Framengo” na “Sula” que fique mais uma vez no tal do cheirinho

G8 já está ótimo e que esta nova vaga fique com a Chape ou o Foguinho!

 

Domingo é dia de festejar duplamente em São Janu

Pela nossa vitória e classificação

E pela do Vitória; quem sabe com gol do Kanu?

Ajudaria na rima e na zoação

Certo mesmo é que a resenha nunca falha

Isso a gente deixa para o Alex Roberto, o “ex-Muralha”!

Comente aqui...

comentário