Galo vence o clássico contra o Cruzeiro no Horto

Foto: Bruno Cantini / Atlético

O Atlético Mineiro ganhou, de virada, o clássico, por 3 a 1, no Independência no último domingo. O Galo perdeu o capitão Leonardo Silva, dando um susto na torcida logo no início do jogo. O zagueiro sentiu e foi substituído por Bremer. Logo após a saída do capitão, Thiago Neves abriu o marcador para o Cruzeiro, aos 5 minutos do primeiro tempo. E quase ampliou em seguida, numa cobrança de falta defendida por Victor. O adversário dominou os 20 minutos iniciais, o jogo era tenso, o juiz precisou chamar os capitães dos times para acalmar os ânimos , era reclamação de ambos os lados. O técnico Roger Machado, percebendo o buraco formado no meio de campo, adiantou Roger Bernardo, distanciando assim do Bremer e Gabriel. Desta forma, o Atlético foi tomando o controle e crescendo na partida. Aos 47,  Cazares, em uma bela cobrança de falta, empatou a partida. E Fred, aos 49, balançou as redes após um belo cruzamento de Alex Silva. Viramos ainda no primeiro tempo!

Foto: Bruno Cantini / Atlético

A segunda etapa do jogo foi mais equilibrada e menos tensa que na primeira. O Galo administrou a vantagem do placar. O adversário não conseguiu mostrar bom desempenho como no início do primeiro tempo. O time de Roger Machado se fechou e aproveitou os erros do rival em contra ataques perigosos. Foi em um desses que o Galo marcou o seu terceiro gol. E quem marcou de novo? FREDDDDDDDD. ELE NÃO PERDOA.

E no fim da partida, o que acontece? O quê? O jogo é paralisado por dez minutos devido a falta de iluminação no estádio. Será que o Kallil estava nos arredores do Indepa? kkkkkkk… Acho que não. E foi aí que vimos uma das cenas mais lindas dessa torcida. Todo mundo cantando, vibrando, com as luzes dos celulares acesas. A torcida deu um show e não só nesse momento, e sim o jogo inteiro. Empurrou o time mesmo quando o placar não era favorável. Essa sim, é a torcida que conhecemos.

Foto: Bruno Cantini / Atlético

Todos os jogadores entraram concentrados no clássico, mas vale ressaltar dois: Cazares e Fred. Do primeiro somos suspeitas de falar, somos fans demais, o “menino” joga fácil. Ele vem crescendo em campo novamente e é decisivo. Já o segundo, no meio de semana, foi expulso em partida contra Botafogo pela Copa do Brasil. Não faz isso com a gente não Fred! 🙄  Você é o nosso centroavante, pô! Voltando ao clássico do domingo, ele foi essencial no resultado positivo do time.

Enfim, ELES TREMERAM DE NOVO!

 

#VaiPraCimaDelesGalo

Saudações Alvinegras!

#paixãodopovo

 

Decepção Cruzeirense

Atlético 2 x 1 Cruzeiro

O Cruzeiro decepcionou sua torcida ao aceitar a pressão do Atlético Mineiro no Independência na tarde do último domingo, 07 de maio, na final do Mineiro.

Depois de empatar em 0 x 0 no Mineirão, com o mando de campo, em um jogo sem empolgação o Cruzeiro teve dificuldades para marcar e enfrentar a organização e recuo do Galo. Com a derrota por 2 x 1 esta é a terceira temporada, da Celeste, sem ganhar o estadual.

Thiago Neves, apagado, e Rafael Sóbis, em posição diferente, contribuíram para piorar a atuação do time na final. Henrique e Ramon Ábila foram os destaques positivos da partida que, ainda, motivam o torcedor a acreditar que “O Maior de Minas” está vivo para as outras competições.

E agora?

Na coletiva de imprensa, pós jogo, Mano Menezes reforçou que o trabalho continua com o aprendizado e o grupo deve focar na Copa do Brasil e Copa Sul-Americana, com jogo na próxima quarta-feira.

Próximos jogos:

10/05

COPA SUL-AMERICANA

Horário: 19:15

NCN×CRU

 

14/05

CAMPEONATO BRASILEIRO

Horário: 16:00

CRU×SAO